Seja Bem Vindos(as)
Estado de Goiás Geral

Operação Novilho de Ouro: Polícia Civil investiga dispensa de licitação na compra de carne pela Prefeitura de Firminópolis-Go

Summary

Operação Novilho de Ouro: Polícia Civil investiga dispensa de licitação na compra de carne pela Prefeitura de Firminópolis-Go A Polícia Civil de Goiás, por meio das Delegacias de Polícia de Firminópolis e São Luís de Montes Belos, cumpriu, na tarde […]

Operação Novilho de Ouro: Polícia Civil investiga dispensa de licitação na compra de carne pela Prefeitura de Firminópolis-Go

A Polícia Civil de Goiás, por meio das Delegacias de Polícia de Firminópolis e São Luís de Montes Belos, cumpriu, na tarde dessa terça-feira (17), dois mandados de busca e apreensão na cidade de Firminópolis, em face de uma pessoa investigada. Segundo o delegado Tiago Junqueira, a investigação policial foi iniciada em razão da grande quantidade de carne bovina e frangos adquiridos pela Prefeitura Municipal de Firminópolis em um açougue local. Os mandados foram cumpridos no bojo da Operação Novilho de Ouro.

Ao todo, só neste de 2020, foram custeados pelos cofres públicos do Município R$ 269.267,00 em compra de carne. Segundo o delegado, o que chamou mais atenção foi que, em plena pandemia da COVID-19, os documentos fiscais informam compras para a merenda escolar, ainda com as aulas presenciais suspensas. Além do mais, está documentada aquisição de carne “para confraternização com os servidores da garagem”, em um valor que, segundo a investigação, daria para comprar mais de 163 kg de carne nobre bovina. A confraternização teria a participação de aproximadamente 60 pessoas.

Foi ainda constatado que servidores do Município abasteciam suas casas com carnes que eram pagas pela Prefeitura. A Polícia Civil investiga a ocorrência do crime de dispensa indevida de licitação, já devidamente materializado, porém, as investigações vão continuar no sentido de buscar eventual configuração de outros crimes, inclusive de ordem fiscal e contra administração pública.

O proprietário do açougue foi preso em flagrante por posse ilegal de arma de fogo durante a realização da operação de ontem.

Fonte: policiacivil_go

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Chat On-Line